Gases Medicinais e Industriais

Conheça nossa linha de produtos de altíssima qualidade. 

Ar Comprimido

O ar comprimido é um gás incolor, inodoro, não tóxico e não inflamável. O ar é necessário para a vida e a maioria de suas propriedades físicas e químicas são consideradas como uma média ponderada de seus componentes. A temperatura aproximada de -193°C o ar se condensa em um líquido azul claro. O ar contribui para todos os tipos comuns de combustão.

 

O ar é utilizado na indústria em diferentes níveis de pressão e temperatura, o que requer equipamentos para sua purificação, compressão e controle de temperatura.

Ar Sintético

O Ar Sintético é uma mistura gasosa composta de 20% de Oxigênio e Nitrogênio como quantidade complementar. Oxidante moderado, o Ar Sintético, é um gás incolor, inodoro, insípido e não inflamável.

Ar Sintético Super Seco e Zero não normalmente recomendados para utilização com gás comburente nos detectores de ionização de chama que equipam os cromatógrafos a gás. Ar Sintético Super Seco e Zero não normalmente recomendados para utilização com gás comburente nos detectores de ionização de chama que equipam os cromatógrafos a gás.

Argônio

O argônio (do grego: inativo) é um gás monoatômico atóxico, incolor, inodoro e insípido. Em conjunto com o hélio, néon, criptônio, xenônio e radônio faz parte de um grupo especial de gases, conhecidos como gases raros, inertes ou nobres. Isto significa que estes gases têm uma tendência extremamente baixa para reação com outros compostos ou elementos. O argônio é aproximadamente 1.4 vezes mais pesado que o ar e é levemente solúvel em água.

 

Dentro do grupo dos gases raros, o argônio é o mais comumente encontrado. Está presente na atmosfera em uma concentração de 0,934% (volume) ao nível da superfície terrestre. O ar é a única fonte conhecida para a extração de argônio puro, por esta razão sua produção se realiza pela destilação em uma planta de separação de gases do ar.

Dióxido de Carbono

O dióxido de carbono é um gás ligeiramente tóxico, inodoro, incolor e de sabor ácido. O CO2 não é combustível nem alimenta a combustão. É 1.4 vezes mais pesado que o ar. O dióxido de carbono evapora a pressão atmosférica e -78°C. O dióxido de carbono pode interagir de forma violenta com bases fortes, especialmente em altas temperaturas.

 

O dióxido de carbono é obtido como subproduto de algumas combustões. Entretanto, deve passar por um processo de purificação no qual são extraídos os restos de água, oxigênio, nitrogênio, argônio, metano e etileno, entre outros.

Acetileno

O acetileno é um gás incolor, inflamável e inodoro, quando no estado puro.

O acetileno de grau industrial contém rastros de impurezas como fosfina, arsina, sulfeto de hidrogênio e amoníaco e tem um odor semelhante ao alho.

O gás é ligeiramente mais leve que o ar e é solúvel em água e em algumas substâncias orgânicas. O acetileno combinado com ar ou oxigênio produz uma chama quente, luminosa e fumegante.

 

O acetileno pode ser produzido por meio da reação de carbureto de cálcio com água, ou por pirólise (cracking) de vários hidrocarbonetos, a primeira alternativa é a mais comumente utilizada.

Hélio

O hélio é um gás monoatômico, incolor, inodoro, insípido e atóxico. O hélio faz parte da família de gases conhecidos como raros, inertes ou nobres. Caracteriza-se por uma reatividade muito baixa, não formando nenhum composto conhecido. Depois do hidrogênio, o hélio é o elemento mais leve, pesando cerca de uma sétima parte do peso do ar atmosférico. O hélio apresenta um nível muito baixo de solubilidade na água. Este gás não é combustível nem explosivo.

 

Depois do hidrogênio, o hélio é o gás mais comum no universo. Entretanto, na formação da Terra, apenas pequenas quantidades de gases raros foram incorporadas. O teor de hélio na atmosfera terrestre é de 5.24 ppm (0.000524% do volume).


A principal fonte de hélio são alguns poços de gases naturais. Estas fontes são encontradas, por exemplo, nos Estados Unidos, Canadá, Polônia, etc; em concentrações típicas de 1%.

Hidrogênio comprimido

      Hidrogênio é um gás incolor inflamável que é o elemento mais leve e mais abundante no universo.

Ela ocorre principalmente em água e na maior parte dos compostos orgânicos e é usado na produção de amoníaco e de outros produtos químicos, na hidrogenação de gorduras e óleos, e na soldagem.

       O Gás Hidrogênio (H2) é explorado para uso em motores a combustão e em células de combustível. É um gás nas condições normais de temperatura e pressão, O que apresenta dificuldades de transporte e armazenagem.

Sistemas de armazenamento inclui hidrogênio comprimido, hidrogênio líquido, e ligação química com algum material.

Nitrogênio

O nitrogênio é um gás incolor, inodoro e insípido. Não é inflamável nem combustível. O ar atmosférico contém cerca de 78,09% de nitrogênio (volume). Este gás é ligeiramente mais leve que o ar e ligeiramente solúvel na água.

É inerte, exceto sob altas temperaturas.

 

Da mesma forma que o oxigênio, o nitrogênio é obtido por meio da destilação do ar. O processo retira o ar da atmosfera, que é então filtrado, comprimido e resfriado. Por meio destas etapas são extraídos os teores de água, gases indesejados e impurezas. O ar purificado passa então por uma coluna através da qual são separados nitrogênio, oxigênio e argônio, no estado líquido.

Óxido Nitroso

O óxido nitroso foi o primeiro gás empregado na medicina, há pelo menos 150 anos. É extremamente seguro para uso medicinal por não ser inflamável, apresentar baixa solubilidade, limitada depressão cardiorespiratória e toxicidade mínima ou ausente.

 

A principal aplicação do óxido nitroso é na anestesia geral balanceada, em conjunto com outros agentes anestésicos inalatórios ou venosos. Ele potencializa os efeitos positivos dos demais anestésicos, o que reduz os efeitos colaterais e o custo da anestesia - garantindo o mesmo efeito. O óxido nitroso sempre é usado na forma gasosa, mas geralmente manuseado na forma líquida em cilindros de alta pressão ou tanques criogênicos.

 

É comercializado comprimido em cilindros metálicos que são instalados no hospital e se comunicam com a rede de distribuição através de redutores de pressão, registros e mangueiras.

Mistura para Solda
Dióxido de Carbono + Argônio

A mistura de CO2 com argônio é utilizado em processos de solda MIG/MAG. É uma mistura gasosa, monoatômica, incolor, inodora, não tóxica, não inflamável e comprimida sob alta pressão. É uma mistura de gases inertes e não combina quimicamente com outros elementos.
Pode causar asfixia por supressão do oxigênio no ambiente, por medida de segurança é proibido o transvazamento deste produto de um cilindro para o outro. 
Este produto tem o grau de pureza compatível com sua utilização.

Oxigênio Comprimido
Oxigênio Medicional

O oxigênio é um gás incolor, inodoro e insípido. É aproximadamente 1,1 vez mais pesado que o ar e é levemente solúvel em água e álcool. O oxigênio é um líquido de cor azul pálido, ligeiramente mais pesado que a água, quando submetido à pressão atmosférica ou temperaturas inferiores a -183ºC. Isoladamente o oxigênio não é inflamável, mas ajuda na combustão. É altamente oxidante, reagindo fortemente quando em contato com materiais combustíveis, podendo provocar incêndio ou explosão. O oxigênio forma compostos com todos os gases, exceto com os gases nobres.

 

O oxigênio é o elemento mais comumente encontrado na Terra. Encontra-se em seu estado livre na atmosfera (cerca de 20,94% por volume) ou dissolvido em rios, lagos e oceanos.

 

A produção industrial de oxigênio é feita por meio de um processo de destilação que retira o ar da atmosfera, que é então filtrado, comprimido e resfriado. Por meio destes processos são extraídos os teores de água, gases indesejados e impurezas. O ar purificado passa então por uma coluna onde são separados oxigênio, nitrogênio e argônio, no estado líquido.

 © 2013 OXIgases - A marca do seu gás.

Av. Carlos Alberto Chebade, 1873 - Jd. Aeroporto | 28073-506 | Campos dos Goytacazes - RJ | + 55 (22) 2723-8879 - 99897-3400

oxigases@censanet.com.br

Mapa do site: